sexta-feira, 31 de julho de 2009

Sobre Cavaleiros do Zodíaco, Meninas de 17 Anos e Hare Krishnas




Quando era criança, existia uma brincadeira feita em um papel que começava com a idade que você ia casar.
Para meu espanto, lembrei hoje mais cedo que a idade que eu sempre colocava era 23.
Hoje vejo o quanto era uma criança sem noção, não tinha calculado que aos 23 anos ainda estaria na faculdade e seria um simples estagiário ainda moraria com a minha mãe e usaria all star.
A vida adulta sempre foi uma constante na minha cabeça de criança.
Isso claro após as dezenas de reprises dos Cavaleiros do Zodíaco, Chegando finalmente aos 23, olhando para as coisas que conquistei (sim, aqui posso ser dramático) e as que as que ainda não alcancei, me bate certo medo.
Quando deixei de ser adolescente e passei para a vida adulta!?...não consigo encontrar o ponto correto.
Nunca tive as famosa fases de "oborrecente", nunca tive vontade de fugir de casa e morar com hare Krishnas, hippies ou fãs de guerras nas estrelas ou tingir todas as minhas roupas de preto e escrever nas paredes do quarto "aqui Lúcifer manda!!!".
No meu estágio, tenho como colegas pessoas que teoricamente deveriam está vivendo uma fase como à descrita a cima.
Para minha surpresa alguns agem como se soubessem mais da vida do que eu.
Fico pensando será que assistir DIGIMON e a leitura de Harry Potter atrasaram a minha vida!?Enfim, me assusto em falar de relacionamentos com uma menina de 17 anos, e perceber que ela saca mais as coisas do que eu.
Não importa em que momento eu me tornei adulto.
Sei que casamentos, arranjos ou "juntar os trapos", são coisas que nem passam pela minha cabeça.
No momento as coisas e sonhos de criança não fazem mais sentindo nenhum.
Uma pena por que poderia jurar que em 2008 viveríamos com ajuda de robôs e computadores.



Só uma dúvida fica....Como eu faço para me juntar aos Hare Krishnas!?

Nenhum comentário: